Príncipe Valente

Autor(es) Harold FOSTER

Editora Livros de Papel

Número de Volumes 3 volumes

Impressão Preto e Branco

Faixa Etária Recomendável A partir dos 10 anos

Comentário O Príncipe Valente foi criado por Harold Foster (1892-1982) e começou a ser publicado a 13 de Fevereiro de 1937 chegando a ser editado em cerca de 800 jornais e revistas, em todo o mundo. É por isso que para muitos portugueses, o Príncipe Valente é praticamente a única personagem de bd que conhecem, porque se familiarizaram com a leitura semanal das suas aventuras no jornal que começou a publicá-las há mais de 30 anos ou porque as suas histórias foram as que mais os impressionaram quando, na infância ou na juventude, liam “O Mosquito” ou o “Mundo de Aventuras”.
Manuel Caldas (editor do extinto fanzine Nemo) e José Vilela (alfarabista) aventuraram-se na reedição integral das 2244 pranchas “Príncipe Valente” que Foster escreveu e total ou parcialmente desenhou. Numa edição magistral a preto e branco, em língua portuguesa. Este primeiro volume, é o quarto da colecção que compila em 112 páginas os anos de 1943 e 1944 – onde a Asa parou nos seus 7 volumes (coloridos). Estamos perante a reunião da obra completa de Foster pela primeira vez com as pranchas restauradas e reproduzidas directamente da colecção pessoal de originais (as pranchas de jornal americanos) de Manuel Caldas ou de provas fornecidas pela King Features.

Informação Bibliográfica Agência Portuguesa de Revistas, 4 volumes a preto & branco (ed. esgotada); Asa, 7 volumes a Quatro Cores

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: