Billie Holiday

Billie_bedeteca_idealAutor(es) Carlos SAMPAYO, argumento; José MUNOZ, desenho

Editora Levoir

Número de Páginas 80p

Impressão Preto e Branco

Faixa Etária Recomendável A partir dos 16 anos

Comentário Billie Holiday nasceu em Baltimore em 1915 e morreu em Nova Iorque em 1959, converteu-se numa mítica cantora de Jazz. Ainda hoje é considerada “a voz” que nos comove. Neste livro a história desenrola-se à volta da escrita de uma noticia pedida a um jornalista nova iorquino. Este profissional dos media tenta reconstruir a biografia da artista, procurando para além  dos escândalos públicos na vida da estrela (abusos, droga, violência, álcool, etc) a  verdade junto de quem com ela privou. Muñoz e Sampayo conseguem retratar num fundo de racismo e desgraça o mundo do blues e a ascenção e  queda de uma das maiores representantes da época de ouro do jazz.

(…) Embora José Muñoz tenha sido objecto de exposições no Museu Rafael Bordalo Pinheiro, em 1994, e nos Festivais de BD da Amadora, Porto, Lisboa e Beja, e de alguns episódios de Alack Sinner terem sido publicados nos jornais Lobo Mau e Diário de Lisboa e nas revistas O Mosquito e Quadrado, Billie Holiday é apenas o segundo livro da dupla publicado em Portugal, depois de Nos Bares, em 2005.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: