Arquivo

Monthly Archives: Dezembro 2011

loveholecover_webAutor(es) Afonso FERREIRA

Editora Associação Chili Com Carne; Ruru Comix

Ano de Publicação 2012

Número de Páginas 48 p.

Impressão Preto e Branco

Faixa Etária Recomendável A partir dos 14 anos

Comentário “Love Hole” parece ser um verdadeiro manifesto sexual da geração 00, cheio de onanismo em versão “mash up” homo, bi e transexual num explosão de situações geradas em non-sense espácio-temporal. Segundo o autor – nascido em 1988 – esta BD surgiu das fracas decisões e cumprimento de prazos para o fanzine Lodaçal Comix, onde a BD foi originalmente publicada entre 2011 e 2012, mas nem se nota pela coerência gráfica e narrativa…

Só é pena estar todo escrito em inglês… Estes putos só pensam na internacionalização! Mas há razões para isso não fosse Afonso Ferreira um dos jovens autores mais promissores para esta década.

Autor(es) James KOCHALKA

Editora Polvo

Número de Volumes 3 volumes

Impressão Preto e Branco

Faixa Etária Recomendável A partir dos 14 anos

Comentário «Vindo de um circuito semi-underground, um dos mais interessantes autores da actualidade. Magic Boy é uma personagem de orelhas grandes e dentes de coelho que funciona como alter ego do autor, desdobrando-se em histórias curtas, simultaneamente simples e encantadoras. Para leitores pouco habituados a derivações intimistas, o universo de Kochalka poderá parecer um pouco desconcertante, mas vale a pena investir nele o nosso tempo e a nossa atenção.» © João Miguel Tavares

mausAutor(es) Art SPIEGELMAN

Editora Bertrand

Ano de Publicação 2014

Número de páginas 296p

Impressão Preto e Branco

Faixa Etária Recomendável A partir dos 16 anos

Comentário Obra baseada na biografia do pai do autor, que sobreviveu ao inferno dos campos de concentração Nazis. Tem como contexto o genocídio dos Judeus levado a cabo pelos Nazis, durante a 2.ª Guerra Mundial. Art Spiegelman, um dos principais nomes da BD “underground” norte-americana e, durante anos editor de capas da “The New Yorker”, escolheu a BD para contar a tragédia vivida pelos seus pais e aproveita o cariz biográfico da obra para abordar também alguns aspectos do seu relacionamento com os pais. Trata-se de uma das mais importantes obras da história da BD de sempre.

Autor(es) Charles BERBERIAN, desenho e argumento; Philippe DUPUY, desenho e argumento

Editora Meribérica/Liber

Número de Volumes 1 volume

Impressão Quatro Cores

Faixa Etária Recomendável A partir dos 16 anos

Comentário “Monsieur Jean” é uma série refrescante e inteligente, cujo primeiro volume, “Monsieur Jean, o amor, a porteira”, vale a pena descobrir na edição da Meribérica/Liber. O protagonista é um escritor que, apesar ter produzido um romance relativamente bem sucedido, tem de complementar o seu rendimento com traduções e trabalhos publicitários, ao mesmo tempo que se debate com a crise existencial dos trinta anos. O humor cruza-se aqui com reflexões mais amargas, sobre oportunidades desperdiçadas, amores que se perderam de vista, amigos que se foram distanciando.  © João Ramalho Santos

Informação Bibliográfica
Les Humanoides Associés, 6 volumes (série completa)

Capa Morro da FavelaAutor(es) André DINIZ, banda desenhada, Maurício HORA, memórias e fotografias

Editora Polvo

Ano de Publicação 2013

Número de Páginas 128p.

Impressão Preto e Branco

Faixa Etária Recomendável A partir dos 14 anos

Comentário Escrita e desenhada por André Diniz, retrata as memórias do fotógrafo Maurício Hora, gerado e criado no Morro da Providência (Rio de Janeiro), também conhecido como Morro da Favela, a primeira favela brasileira, nascida em 1897. É uma narrativa necessária para se entender o dia a dia das favelas do Rio através do ponto de vista de um morador, que procurou na fotografia a sua identidade e acabou por realizar um registo que entrou para a história da cultura carioca. Esta obra tem sido bastante premiada e editada fora do Brasil.

Autor(es) David SOARES, argumento; Pedro NORA, desenho

Editora Círculo de Abuso

Ano de Publicação 2000

Número de Páginas 60 p.

Impressão Preto e Branco

Faixa Etária Recomendável A partir dos 16 anos

Comentário «David Soares medita sobre a criação e os seus custos, pagos nas moedas torturadas em que se costuma resgatar o génio. Esta meditação explode em “Mr Burroughs”. O traço esquemático de Pedro Nora revela-se sublime na sua falsa simplicidade, captando na perfeição o universo frágil deste Burroughs-que-não-é-bem-William-Burroughs. Um escritor já em fase institucional, mantendo o fétiche pelas armas, mas sereno no seu papel como inspirador de novas gerações imitadoras, ou como caução para outros projectos. Enquanto busca inspiração, não sabe muito bem onde». © João Ramalho Santos

Autor(es) Daniel CLOWES

Editora Mundo Fantasma

Ano de Publicação 2001

Número de Páginas 80 p.

Impressão Duas Cores

Faixa Etária Recomendável A partir dos 14 anos

Comentário Enid e Rebecca são duas amigas que vivem no continente desconhecido que é a adolescência. Deixaram já um mundo feito de canções infantis, bonecos estranhos, parques temáticos sobre a pré-história e amizades para toda a vida, mas ainda não entraram noutro feito de profissões, gostos e sexualidades tão bem definidos como uma linha recta. Enid e Rebecca vivem num Mundo Fantasma e nele sofrem as típicas experiências em carne viva de duas adolescentes oriundas daquele que é o mais adolescente dos países, a América. Soberbamente desenhada por Daniel Gillespie Clowes (Chicago, 1961), um dos mais significativos autores norte-americanos da nova geração, esta obra-prima em oito pequenos contos passou entretanto ao grande ecrã com realização de Terry Zwigoff.